Quando toca um jazz as palavras são desnecessárias. A alma arrepia, o coração bate ritmado e os pés gritam querendo dançar. Vale a pena se conter? Não, né?!

Hepcats’ Fever é um festival com o desejo de viver o jazz, deixar o swing tomar conta do corpo e colocar na pista de dança o melhor que a gente tem, nós mesmos.

“It don’t mean a thing, if you ain’t got that Swing!”

O ano passa a 240 bpm, rápido demais! Mas chegar em novembro também significa que já é hora do Hepcats’ Fever! Teremos festas, aulas, apresentações e competições, tudo o que vocês merecem para comemorar mais um ano de Lindy Hop!

Nesta edição vamos ter professores que vão fazer todos se apaixonarem ainda mais pelo Jazz e o Lindy Hop! Já conhecem o Nathan Bug e a Gaby Cook? Eles têm uma mistura entre o mais tradicional do Lindy, usando e abusando dos ritmos, junto com as técnicas mais atuais da cena! São uma grande inspiração.

Sabem quem mais vai dar aulas? Felipe Braga e Alice Mei! Alice é uma dançarina comovente e uma exímia professora! Aprendeu com os melhores e tornou-se uma das melhores! É a segunda vez que vem ao Brasil e adoraríamos ter ela sempre conosco! Seu parceiro, nosso Felipe, tem o espírito que Frankie Manning desejava para um lindy hopper. Ele tem uma dança própria que vem de suas raízes, e tem, na sua essência, o Lindy. Nós achamos que nas músicas de ninar que sua mãe colocava, entre sambas e bossa novas, rolava muito swing jazz.

E aí gostaram dos professores? Calma que ainda tem mais! Como a gente não consegue se conter, pensamos que vocês iam adorar ter aulas de Authentic Jazz com quem entende muito do assunto. Então chamamos o nosso “hermano” Juan Villafañe para fechar nosso time de professores. Ele dança e conhece sobre o assunto como poucos, leva a enciclopédia do Lindy e do Authentic Jazz tanto na cabeça como nos pés, dos passos clássicos às variações e até as variações das variações (e mesmo as variações das variações das variações!), é tudo com ele mesmo!

Também teremos 3 festas carregadas do todo o Fever que o festival merece. Com bandas ao vivo, apresentações, competições e… e… querem algo mais? Pode deixar, vai ter! 😉